BIOGRAFIA

Minha foto
Areia, Paraiba, Brazil
O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É Bacharel em Teologia pelo STEC, Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Licenciando em Letras, com habilitação em Língua Inglesa, pela UFPB (Universidade Federal da Paraíba). É professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. É professor de Teologia Sistemática no Seminário EMES, em Campina Grande - PB. É Pastor do Quadro de Ministros da AIECB. Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia/PB.

10 de abril de 2012

Como Reconhecer Um Verdadeiro Homem de Deus

COMO RECONHECER UM VERDADEIRO HOMEM DE DEUS
Mateus 7.15-23; I João 4.1; Mateus 24.24

Pr. Gilson Soares dos Santos

O mundo está cheio de pregadores. As televisões estão repletas de programas com pregadores que reivindicam a autoridade de Deus.
     
O povo está confuso. E agora, como saber quem fala em nome de Deus?
     
É muito simples, conheça a Bíblia. Vamos estudar sobre como reconhecer os verdadeiros homens e mulheres de Deus.

1 – Práticas que não garantem que o pregador é de Deus

1.1  Não é a profecia que garante que um pregador é de Deus (Mt 7.22)

Jesus deixou bem claro que muitos naquele dia dirão que profetizaram em seu nome.
     
Porém profetizar não garante que uma pessoa é de Deus, pois existem muitos profetas com um espírito mentiroso em suas línguas.
    

Exemplo: A história de Micaias, enfrentando os profetas de Acabe, que só profetizavam coisas boas, Micaias dizia a verdade (I Rs 22.5-23).
     
A Bíblia diz que muitos falsos profetas têm saído pelo mundo (I Jo 4.1).

1.2 – Não é o exorcismo de demônios que garante que um homem ou uma mulher é de Deus (Mt 7.22c)

Muitos se iludem com o exorcismo de demônios, acreditando que todo mundo que expulsa demônios, usando o nome de Jesus, pertence a Jesus.
     
Os tais exorcistas passam horas conversando e brincando com os demônios. A bíblia diz que Jesus não permitia que os demônios falassem (Mc 1.23-25, 34).
     
Entrevistar demônios, fazer espetáculo, se engrandecer com exorcismo, isso é completamente errado. Usar sal grosso, galho de arruda, tentar queimar com fogo santo, usar frases de efeito “sangue de Cristo” ou “Misericórdia”, dar banho no endemoninhado, provocar vômito, bater com a Bíblia, usar alho, cruz benzida, água benzida, etc. São práticas erradas.
     
Exorcizar demônios não garante que a pessoa é de Deus.

1.2  Não são os milagres que determinam que um homem ou uma mulher é de Deus (Mt 7.22d)

Muitos julgam que um homem de Deus é o que faz milagres, curas.
     
A bíblia nos mostra que muitos milagreiros ficarão de fora.
      
A Bíblia nos mostra que os falsos pregadores também realizam milagres (Mt 24.24)
     
Não se iludam: A realização de milagres não garante que o homem ou a mulher que os realiza é de Deus.

2      – Práticas que garantem que o pregador é de Deus

2.1 – A permanência na Palavra é o fator primordial no ministério de um homem ou de uma mulher de Deus (Jo 8.31)

Como conhecer um verdadeiro homem de Deus? Preste atenção naquilo que ele prega.
     
O verdadeiro discípulo prega a Palavra. Os sinais acompanham.
     
Observe também se o pregador Prega a Palavra e Vive a Palavra. Pois, pregar é uma coisa, pregar e viver é outra coisa.

2.2 – O amor é fator determinante na vida de um homem ou de uma mulher de Deus (Jo 13.35)

O verdadeiro homem de Deus busca amar as pessoas, não fazendo delas comércio, nem roubando seus bens.
      
Pregadores que tiram bens do povo, deixando o povo sem recursos, em nome da fé, esse é mercenário.

2.3 – A modéstia é qualidade essencial na vida do verdadeiro filho de Deus (Jo 3.30)

João Batista disse: “Convém que Ele cresça e eu diminua” (Jo 3.30).
     
Deus não divide a glória dEle com ninguém (Is 42.8).

Deus não quer estrelas, Deus quer servos.
     
Esses curandeiros e pregadores sensacionalistas buscam brilhar mais do que Jesus Cristo.

 2.4 - A ausência de simonia é fator importante para sabermos se um profeta é de Deus

O que é simonia? 

- Tráfico de coisas sagradas ou espirituais, tais como sacramentos, dignidades, benefícios eclesiásticos, etc. (Aurélio).

- Venda ilícita de coisas sagradas. (Aurélio)

- A mistura de comércio e religião recebe o nome de simonia, em referência a Simão, o mágico, que quis comprar com dinheiro o dom do Espírito Santo, segundo o relato de Atos 8.9-23.

- Esse termo indica a venda de oficios e cargos eclesiásticos, ou a compra de privilégios, prestígio e ofícios religiosos, com o acompanhamento natural da negligência do exame que busca ver se o candidato está qualificado ou merece as posições assim obtidas. A expressão deriva-se do relato sobre Simão Mago, o qual tentou comprar, da parte dos apóstolos, o dom do Espírito Santo (ver Atos 8:9-24). (Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia, champlin, vol. 6, pág. 217). 

Se o profeta realiza os milagres e faz disso um comércio, mercadejando a Palavra, não é digno de crédito. 

Refutação bíblica: Pedro mostra que muitos, movidos por avareza, tentariam fazer comércio do povo de Deus (veja II Pe 2.3)

“Também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme.”

Precisamos ficar alertas contra os falsos pregadores. E buscarmos reconhecer quem são os verdadeiros representantes de Deus nessa terra, mas sempre com uma visão da palavra de Deus.