O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

31 de dezembro de 2012

Para 2013: Se Deus quiser, eu prometo!


PARA 2013: SE DEUS QUISER, EU PROMETO

Pr. Gilson Soares dos Santos

Admirar mais a beleza das flores,
Aspirar mais o perfume do jasmim,
Me deter mais nas cores da rosa.

Dar um passeio na praia,
Tomar um banho de mar,
Me deitar na areia incontável.

Contemplar o luar do sertão,
Ouvir a sanfona na roça,
Comer frango com quiabo.

Tentar ouvir o som de uma harpa,
Permitir que os meus ouvidos se deliciem com o som de uma flauta,
Ouvir as filhas da música.

Comer mais mel de abelha,
Aprender com o trabalho da formiga,
Apreciar o voo do beija flor.

Valorizar mais o aperto de mão,
Me acalmar no abraço apertado,
Permitir o beijo sincero na face e o afago da criança.

Dar mais presentes,
Receber mais presentes,
Amar. amar e amar.

Acreditar mais na revelação natural de Deus,
Buscar mais consolação nas Escrituras,
Buscar mais o ministério do Espírito.

Dar graças pelo riso depois do choro,
Dar graças pelo dia depois da noite,
Dar graças pela paz depois da guerra.

Apreciar o amor depois da briga,
Buscar o perdão depois do pecado,
Buscar Deus antes de tudo.

Valorizar mais os que fazem ciências,
Elogiar os que escrevem livros,
Tributar os que curam o corpo.

Estar mais com minha família, meus parentes, 
Ouvir mais os velhinhos,
Brincar mais com as crianças.

Incentivar os que promovem a paz,
Me unir aos que anunciam as boas novas do Evangelho,
Consolar os que choram.

Pregar mais sobre o amor de Deus,
Anunciar mais a misericórdia de Deus,
Apresentar sua graça comum e sua graça especial.

Gritar ao mundo sobre a onipotência, onisciência e onipresença de Deus,
Pregar o Verbo que se fez carne,
Dignificar o cordeiro de Deus.

Pregar a Palavra, a tempo e fora de tempo,
Viver a Palavra, dela não me apartando, nem para a direita nem para a esquerda.
Almejar mais a volta de Cristo.

Fazer essas e muitas outras coisas nobres
Que esse espaço no blog não me permite escrever.
Eu prometo, se Deus quiser, eu prometo.

"Se Deus quiser, não só viverei, como farei isto e aquilo" (Tg 4.15)

Se Deus quiser, eu prometo.

29 de dezembro de 2012

Yousef Nadarkhani é preso novamente



YOUSEF NADARKHANI É PRESO NOVAMENTE

Pr. Gilson Soares dos Santos

Há poucos meses atrás nos alegramos com a notícia da soltura do pastor iraniano Yousef Nadarkhani. Porém voltamos a nos entristecer com a notícia de que Nadarkhani foi preso novamente no último dia 25 de dezembro, ou seja, no dia de natal.

Leia a notícia que encontramos no “gospelprime”:

O pastor iraniano que fora preso no Irã por causa de sua conversão do islamismo para o cristianismo ficou famoso no mundo todo. Tendo passado por diferentes julgamentos, que eram sempre adiados ele voltou para casa este ano, depois de quase 3 anos atrás das grades.

Mas notícias de agências internacionais dão conta que ele foi levado para a cadeia novamente no dia de Natal.

Aos 35 anos, Yousef Nadarkhani, foi levado novamente para a Penitenciária de Lakan, na região de Rasht. A justificativa é que ele deveria completar o restante de sua pena, informaram pessoas próximas a Nadarkhani.

Em setembro, o pastor foi absolvido da acusação de apostasia, mas o tribunal manteve a sentença de três anos por evangelizar muçulmanos. Como ele já cumpriu quase três anos, o pastor foi libertado após pagar fiança.

O tribunal afirmou na época que os cerca de 45 dias restantes seriam em liberdade provisória. Aparentemente, a justiça do Irã mudou de ideia três meses depois. Não se sabe quanto tempo Nadarkhani, que é casado e pai de dois filhos, ficará na penitenciária.

Ele trava uma batalha com o regime muçulmano que governa o Irã desde 2006, quando pediu que sua igreja fosse reconhecida pelo Estado. Logo em seguida ele foi preso na época, mas liberado logo em seguida.

Em 2009, Nadarkhani voltou a procurar as autoridades locais para reclamar sobre a doutrinação islâmica que seus filhos recebiam na escola. Foi então que ele foi preso no processo que o tornou conhecido. Após a sua libertação, Nadarkhani escreveu uma carta pública agradecendo a todos aqueles que oraram por sua libertação e pressionaram o governo. Em novembro, ele viajou a Londres para falar em uma conferência sobre direitos humanos, mas retornou ao Irã em seguida.

Mesmo após Nadarkhani ser solto, seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah, que fora preso por defender o pastor e outros casos de direitos humanos, continuou na prisão de Evin. Relatos de sua família afirmam que sua saúde está se deteriorando rapidamente e ele não está recebendo atendimento.

Traduzido de Fox News.

Para ler a notícia direto do gospelprime CLIQUE AQUI

27 de dezembro de 2012

Em tempo de fim de ano: reflexões filosóficas sobre o tempo e a felicidade


EM TEMPO DE FIM DE ANO: REFLEXÕES FILOSÓFICAS SOBRE O TEMPO E A FELICIDADE

Gilson Soares dos Santos

Estamos chegando ao fim do ano de 2012. Muita gente olha para este ano como uma velharia que precisa morrer para que 2013 nasça trazendo novas esperanças. Farão o mesmo com 2013 quando tiver acabando. Afinal de contas, por que esta certeza de que um número a mais no calendário pode significar mudanças? Pode trazer novidades? Quero refletir um pouco sobre isso, recorrendo ao tempo e à felicidade no filósofo Agostinho. Pois o tema da felicidade toca a problemática do tempo, no filósofo.

O ano de 2012 precisa, necessariamente, se tornar passado, pois um presente que permanecesse sempre presente, nunca se tornando passado, não seria tempo, mas eternidade.

O homem é mutável porque está dentro do tempo, mudamos com 2012. Se Deus quiser, mudaremos com 2013, pois nossa mutabilidade está associada ao tempo, já que a essência do tempo e de quem está nele é ter somente uma existência fragmentária. O homem é criatura de Deus, mas o tempo também é criação de Deus. O tempo nem sempre existiu, foi criado por Deus, ele não é coeterno com Deus. O próprio tempo se inclui dentro daquelas coisas que tiveram um começo, ou seja, um princípio.

A questão é: qual o bem que você busca em 2013? Todo bem que buscamos, se estiver associado ao tempo, certamente estará sujeito a mudanças. Pois tudo o que é temporal muda. Se a nossa felicidade está associada ao tempo, certamente ela está ameaçada, pois o tempo passa. É preciso, como diz Agostinho, que se “procure um bem permanente, livre das variações da sorte e das vicissitudes da vida”. Uma pessoa não pode ter felicidade absoluta quando o bem que ela tem está ligado ao tempo, pois o tempo passa e, obviamente, essa felicidade passará.

Muitos buscam felicidade absoluta na pessoa amada: esposo, esposa, noivo, noiva, namorado, namorada, “ficante”, “orante”, etc. Outros depositam sua felicidade em casas, carros, saúde, dinheiro, viagens, bens, etc. Mas tais pessoas e coisas estão ligadas ao tempo, se assim é, então, é felicidade passageira. Agostinho dirá que “aquele que os ama e os possui não pode ser feliz de modo absoluto”. Todos os bens criados não são coeternos com Deus, portanto não podem trazer felicidade absoluta. Assim, a felicidade deve se encontrar num bem permanente, não sujeito à mudança e, portanto, eterno.

Então, qual o bem que precisamos buscar? Nosso bem maior é Cristo, nossa felicidade deve estar em Cristo. É no Ser Absoluto, o Deus Altíssimo, que a nossa felicidade deve residir. 

O bom é que em Cristo, todas as outras coisas nos são acrescentadas.

Em 2013 busque o Bem Supremo, o Sumo Bem, o Senhor Criador da terra e céus e de tudo o que neles podem ser encontrados. E certamente, todas as outras coisas completarão nosso ano, que, por ser tempo, é passageiro.

Feliz 2013!!!!!


25 de dezembro de 2012

Academia em Debate: Especial de Natal

Hoje, dia em que comemoramos o natal. Lembramos que "O Verbo se fez carne e habitou entre nós".

Quero compartilhar com você o "Academia em Debate", um especial de natal.

Assista e seja edificado, é só clicar no link abaixo ou assistir na telinha:

Academia em Debate: Especial de Natal


Deus abençoe a todos, Feliz Natal!!!

Pr. Gilson Soares dos Santos

24 de dezembro de 2012

É Natal, mas esqueceram de mim


É NATAL, MAS ESQUECERAM DE MIM

Pr. Gilson Soares dos Santos

Um dos grandes sucessos de bilheteria foi o filme "esqueceram de mim", que narra a experiência de uma família que viaja no natal, e, em meio a correria e agitação com os preparativos, termina por esquecer um dos filhos em casa.

Um fato parecido aconteceu com os pais de Jesus, José e Maria, que o esqueceram em Jerusalém quando foram para a festa, somente reencontrando-o três dias depois, conforme ficou registrado pelo médico Lucas no evangelho que leva o seu nome, Lucas 2.41-52.

Atualmente continua acontecendo o mesmo: grande parte das pessoas de hoje, preocupada com tantas coisas para comemorar o natal, tem esquecido o principal personagem do natal, Jesus Cristo.

Veja se procede:

Lembramos de presentear todo mundo, seja diretamente ou participando dos famosos "amigos secretos". Presentes caros ou baratos, mas são presentes. Afinal, natal é tempo de presentear.

Qual o presente que temos dado a Jesus? Se o natal é verdadeiro, então quem deve receber o presente é Jesus. É Ele que é digno de receber nossos presentes. Assim os magos fizeram, ofereceram-lhe "ouro, incenso e mirra".

Lembramos de enfeitar nossas casas. Tem casa que já tá parecido circo com tanto enfeite. São árvores de natal, pisca-pisca, decorações coloridas, pintura nova na casa, até móveis são trocados.

Se a festa é de Jesus, por que a casa dele continua em ruínas? Por que as pessoas não lembram de fazer algo pelos lugares onde os fiéis se reúnem para adorar ao Senhor? Por que muitos nem irão ao templo adorar ao Senhor? Sem falar que o maior templo para abrigar o Senhor Jesus é o nosso ser, o nosso coração, pois nosso corpo é templo do Espírito Santo. Muitos nem pensam em fazer uma faxina na alma, purificando o ser de tudo aquilo que é pecado. 

Muitos lembram de falar do papai Noel, essa fábula intrometida que teima em roubar a glória para si. É gente com a touca de papai Noel, é gente com as cores que lembram o papai Noel. Até em igrejas se vê essa figura ilusória.

E Jesus? Parece um coadjuvante que, vez por outra, aparece no enredo que dá honras ao papai Noel. Jesus não tem cores que possam lembrá-lo, as mensagens que falam do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo são mensagens que idolatram um menino numa manjedoura, estampado num presépio natalino, algo muito vago. Jesus é a figura principal no natal. É ele que deve ser lembrado, pregado, honrado, anunciado, desejado. À Ele toda a glória e honra e louvor, pelos séculos dos séculos.

Lembramos dos manjares de natal. Uma ceia com a família. Muitos se alimentam do jantar de Natal, regado à vinho, champagne, cerveja, etc. As mais saborosas guloseimas, panetones, chocotones, queijos, frutas e até um "peru de natal", uma iguaria que se faltar na mesa, para muitos, não é natal.

E o alimento da Palavra de Deus, onde fica? Nessas festas têm de tudo, menos orações, menos Palavra de Deus. As pessoas enchem seus estômagos e continuam com a alma faminta, pois não se alimentam da Palavra do Cristo, o Filho do homem.

Lembramos da roupa nova, exibicionista, que não se "acanha" diante dos holofotes, afinal de contas, é roupa nova. Não importam quantas dívidas sejam contraídas, o importante é que tem que ter a roupa nova, senão deixa de ser natal, pois a nova roupa lembra festas, lembra o natal desejado e prenuncia um ano novo cheio de realizações.

E nossas vestes espirituais? É nelas que Jesus está interessado. Não há nenhum interesse do homem do natal em "sepulcrus caiadus", mas na renovação do homem interior.

Não há nenhum pecado em presentearmos uns aos outros; não é nenhuma iniquidade pintarmos nossas casas, trocarmos os móveis e enfeitarmos com modéstia; não existe concupiscência em comer bem, juntarmos a família, os amigos e algumas famílias carentes e nos alimentarmos de uma ceia permitida por Deus; não há nenhum mal em nos vestirmos, com modéstia, com roupas boas e bonitas.

Mas há um pecado enorme que pesa sobre os habitantes da terra: esqueceram Jesus. Ele tem sido trocado pelo papai Noel ou por outros elementos estranhos. Jesus é a principal figura do natal. Ele é a realidade do natal.

Do jeito que a coisa anda, parece até que ouço Jesus dizer: "É natal, mas esqueceram de mim".

22 de dezembro de 2012

Um dia depois do fim do mundo...


UM DIA DEPOIS DO FIM DO MUNDO...

Pr. Gilson Soares dos Santos

 
Um dia depois do fim do mundo... olha eu aqui!

Um dia depois do fim do mundo... minha crença nas palavras de Jesus Cristo quando disse que “a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos, nem o filho, senão o Pai” estão mais firmes.

Um dia depois do fim do mundo... percebo que a inteligência, a espontaneidade e a contingência do homem são impotentes para descobrir o futuro.

Um dia depois do fim do mundo... fico mais ciente que as experiências que nos fazem conhecer os segredos da arqueologia nada podem quando se trata de desvendar as coisas que só a Deus pertencem.

Um dia depois do fim do mundo... o mundo de muita gente desabou. Pela vergonha que passaram. Gente que comprou propriedade de 20 mil metros quadrados no município de Alto Paraíso de Goiás, na Chapada dos Veadeiros, esperando o fim do mundo para 21 de Dezembro de 2012. Gente que esperava que um Tsunami de proporções gigantescas atingisse 80% da superfície terrestre e levasse à morte mais de seis bilhões de pessoas. Gente que montou um verdadeiro refúgio antiapocalipse. Gente que construiu um bunker cuja porta suportaria 36 toneladas de pressão e armazenou alimentos para dois anos, na espera que o mundo acabasse em 21/12/2012.

Um dia depois do fim do mundo... os 2,5 milhões de sites de esotéricos que propagavam profecias de destruição para o planeta terra em 21 de Dezembro de 2012 estão revendo seus cálculos.

Um dia depois do fim do mundo... fico pensando no fim que não veio. Mas que foi profetizado no dilúvio alemão em 1499; no dilúvio inglês em 1736; nos presságios de Gizé, para 1881; no efeitos da cauda do cometa Halley, em fevereiro de 1910; no efeito júpiter, de 1974; nas previsões de Nostradamus, para 1666, 1734, 1886 e 1943; ou na certeza das previsões de Nostradamus para setembro de 1999; no juízo final de Harold Camping, marcado para 6 de setembro de 1994; na insistência de Harold Camping em remarcar para 21 de maio de 2011; ou no Nibiru, o planeta X, que passou perto da terra em 2003. O fim não veio. O calendário solar dos Maias falhou.

Um dia depois do fim do mundo... estou aqui para dizer, categoricamente, entusiasticamente, Jesus está voltando!!! Breve Jesus Cristo voltará!!! Ele não marcou o dia, ele não marcou a hora, mas afirmou que “a hora em que não esperais, virá o Filho do Homem”. Seus anjos afirmaram: “Esse Jesus que dentre vós foi assunto aos céus, ele há de vir, assim como para os céus o vistes ir”.

Um dia depois do fim do mundo... afirmo, sem nenhum medo de errar ou mentir, Jesus voltará para levar para si mesmo a sua igreja, um povo preparado, seus escolhidos. E afirmo, sem medo de mentir, aqueles que não nasceram de novo não poderão ver o Reino de Deus.

Um dia depois do fim do mundo... continuo aguardando a volta de Jesus, para nos buscar, e onde ele estiver estaremos para sempre com ele.

21 de dezembro de 2012

Na contramão: saiu a bíblia gay "Rainha James"



NA CONTRAMÃO: SAIU A BÍBLIA GAY "RAINHA JAMES"

Pr. Gilson Soares dos Santos

Hoje quero colocar um post que pode ser encontrado no notícias gospel. É sobre o lançamento de uma nova bíblia, a bíblia gay, chamada de "rainha James".

Veja a matéria:

A Bíblia "Queen James" (Rainha James) foi adaptada a impedir interpretações contrárias à prática homossexual, que é condenada nas versões originais das Escrituras.
Em entrevista ao The Christian Post, o pastor e teólogo Augustus Nicodemus comenta sobre o tema e questiona "quantos versículos precisamos para reconhecer que Deus aborrece alguma coisa""
Nicodemus refere-se ao argumento dos idealizadores da "Bíblia gay" que dizem que entre milhares de versículos no livro sagrado apenas 8 interpretam o homossexualismo como pecado.
A nova versão da Bíblia tem o nome "Rainha James" para sua versão baseado na história do Rei James da Inglaterra, que autorizou a primeira tradução da Bíblia para o inglês mais de 400 anos atrás.
Os ativistas gays alegam que James era bissexual e que apesar de ser casado possuía relacionamentos homossexuais, ficando conhecido como "Rainha James" por pessoas mais próximas.
No entanto, a fim de esclarecer esta questão, o teólogo Augustus Nicodemus explica que na verdade a referência a James como "Rainha James", baseia-se num epigrama da época, "Rex fuit Elizabeth, nunc est regina Jacobus".
O termo significa "Elizabeth era o rei e agora James é a rainha" e era uma piada sobre o fato de que o Rei James era pacífico e tranquilo enquanto que sua esposa Elizabeth era agitada e autoritária.
"Não havia qualquer insinuação de homossexualidade na frase, que visava apenas debochar da passividade do Rei James", disse ele ao CP.
De acordo com o teólogo, o Rei James era um cristão comprometido, erudito e muito capaz teologicamente. Além disso, ele diz que o fato de que muitos de seus amigos mais próximos eram homens jovens deu origem à especulação quanto à sua sexualidade.
No entanto, Augustus revela que em um trabalho teológico escrito pelo Rei James ("Basilikon Doron"), o próprio coloca a sodomia entre os pecados que jamais deveriam ser perdoados.
Ele ainda comenta a reivindicação dos idealizadores da Bíblia Rainha James quanto a palavra "homossexualidade" que só foi mencionada na Bíblia RSV (Revised Standard version) a partir de 1946 e que antes disto não havia menções, apenas interpretações. Para esta questão, ele leva a uma reflexão com uma pergunta, "em que estas interpretações se baseiam""
Para o teólogo, não haveria outra forma de interpretar alguns versículos como a passagem de Levíticos 18:22 que diz "Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação".
Ele cita também Romanos 1:26-27 que diz "Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro".
Todas as versões da Bíblia que ele conhece, Nicodemus afirma, condena o ato sexual entre pessoas do mesmo sexo. E indaga, "estariam todas elas erradas""
"Todas as traduções que eu conheço " francês, holandês, alemão, espanhol, inglês e português (disponíveis no BibleWorks8) " verteram estas passagens de modo a dar a entender que o que está sendo condenado é exatamente as relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo. Sabemos os nomes e as qualificações acadêmicas de seus editores, mas isto não aparece na "Bíblia Queen James"."
Augustus, finalmente, lamenta as afirmações dos editores desta nova versão da Bíblia e diz que tal proposta revela claramente o caráter ideológico desta tradução.
"A "Queen James" é o tipo de publicação que autoriza qualquer um a editar uma Bíblia amenizando ou distorcendo as passagens que lhe ofendem".
Fonte: The Christian Post

18 de dezembro de 2012

Raspar a cabeça por almas: isso existe?

RASPAR A CABEÇA POR ALMAS: ISSO EXISTE?

Pr. Gilson Soares dos Santos

A religião faz parte da história do homem, mas a bizarrice também? Novas bizarrices surgem, a cada dia, mescladas com as mais diversas matrizes heréticas. Como se não bastasse o que a umbanda, o candomblé e outros movimentos que envolvem práticas anticristãs fazem, agora, são aqueles que se dizem crentes que estão trazendo as mais diversas práticas questionáveis.

Olhem só o que faz a “pastora” Luciana: raspando a cabeça por um propósito, pelas almas, dar cobertura ao povo, porque Deus a levantou como “pastora” para a nação. Para ela, no momento em que raspa a cabeça Deus abençoa o povo que está sob sua cobertura. Se a moda pega muitas igrejas neopentecostais irão parecer templos budistas.

A ordem de Jesus é “ide” pregai o Evangelho. É com a pregação que alcançamos as almas para Cristo, é com a oração que cobrimos vidas, é com os dons ministeriais que pastoreamos, nunca com corte de cabelo.

Vejam o vídeo, tire suas conclusões.



17 de dezembro de 2012

A decepção de Elcielly: mais uma armação dos profetas da confusão e do óbvio


A DECEPÇÃO DE ELCIELLY MAIS UMA ARMAÇÃO DOS PROFETAS DA CONFUSÃO E DO ÓBVIO

Pr. Gilson Soares dos Santos

Há alguns dias, eu vinha acompanhando uma matéria que li no blog “A Arte de Chocar”. Tal matéria dizia que “uma jovem solteira, trabalhadora e bem intencionada” estava congregando em uma igreja na cidade de Guarabira - PB. Nessa igreja, ela conheceu uma “profetiza” que, segundo o blog, lhe disse algo mais ou menos assim: “Eis que te digo: Há homem que Deus está preparando para casar com você. E o teu casamento acontecerá no dia 14 de dezembro de 2012. Te prepares e creia porque a qualquer momento ele virá!”. A jovem ficou tão empolgada e crente na “profecia” que marcou todos os preparativos para o casamento: Buffet, vestido de noiva, enxoval, alugou uma casa de festas para o dia marcado, contratou decoração e tudo o mais para o “casório”.

O blog afirmava que muitos moradores da cidade estavam ansiosos aguardando pelo dia 14 de dezembro, e comentavam sobre quatro (04) possibilidades para esse dia: 1) a profecia se cumprir e a profetiza ficar famosa; 2) algum aproveitador aparecer e resolver sua vida; 3) ela já ter um contato em Off com o ‘príncipe secreto’ e tudo não passar de algo combinado; ou 4) ela ficar a ver navios no dia 15 de dezembro.

Confesso, fiquei curioso para saber o desfecho. Como não pude ir “in loco” para verificar o fato, fiquei aguardando a matéria do Blog “A Arte de Chocar” do dia seguinte à data marcada para o “casório”. Hoje, 17 de Dezembro de 2012, saiu a matéria: deu opção 04: a moça, Elcielly Crispim Domingos, 24 anos, não casou. Ficou aguardando pelo “príncipe” até à meia noite, e, decepcionada, parou de esperar. Confessou que ficou triste, mas continuará esperando o seu amado.

Outros blogs e portais de notícias trouxeram a matéria sobre a decepção da jovem, trazendo detalhes dos preparativos para o tão esperado “casamentos às escuras”.

Para a festa foi alugada uma chácara, a noiva estava vestida a caráter, reunida com a família, amigos e curiosos que se aglomeraram em frente a casa dela. Foram encomendados três mil salgadinhos.

O que dizer diante de uma situação desta? Quem errou, a moça ou a “profetiza”? Sinceramente este é mais um desfecho dos profetas da confusão e do óbvio. Muitas igrejas estão lotadas de pessoas cheias de devaneios que confundem a voz de Deus com seus próprios distúrbios. São homens e mulheres obcecados por ouvir a voz de Deus fora das Sagradas Escrituras, pessoas que desconhecem os textos sagrados e ficam inventando que Deus está falando com elas e, o pior, enganando corações crédulos.

Segundo o blog, a moça Elcielly é uma pessoa boa, dedicada e de coração puro. Como ela existem muitas que estão na igreja, têm um coração puro, mas não estão livres das astutas ciladas dos profetas da confusão.

Creio que Deus fala ainda hoje. Creio na contemporaneidade dos dons, porém não acredito que Deus fale ignorando sua própria Palavra, as Sagradas Escrituras. É preciso muito cuidado com os profetas da confusão e do óbvio. Profetas que mais atrapalham do que ajudam o caminhar da igreja. Profetas que nos vêm dizer aquilo que é óbvio ou aquilo que nos trará grandes confusões.

Encerro com a conhecida oração de Lutero:

"Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante em tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para a que há de vir." (Lutero).

15 de dezembro de 2012

"Festival Promessas": Promessa de dias melhores para os evangélicos?


“FESTIVAL PROMESSAS”: PROMESSA DE DIAS MELHORES PARA OS EVANGÉLICOS?

Pr. Gilson Soares dos Santos

O “Festival Promessas” deu o que falar. Já era de se esperar. Afinal de contas, é a Globo quem patrocina. Essa aproximação da Globo com o público evangélico soa um tanto estranho. Não precisa ser doutor no assunto para perceber que a turma “gospel” transformou-se subitamente no mais novo comércio da emissora do “plin! plin!”.
    
Não tenho aqui a intenção de afirmar dogmaticamente que estamos sendo totalmente prejudicados com essa aproximação da Rede Globo de Televisão. No entanto, não vejo muita vantagem num Festival que promove nossos cantores, que os transforma em ídolos, que faz que aumente ainda mais a idolatria do povo pelos cantores “gospel”. Não vejo vantagem num festival que diminui o número de cristãos e aumenta o número das “valadetes”. Não vejo futuro num evento que faz com que o povo esqueça que a Rede Globo sempre atacou os evangélicos e agora faz deles fonte de lucro.
     
Os cantores “gospel” saem mais ricos e a pregação do Evangelho genuíno, empobrecida. A música “gospel” sai exaltada e seus propagadores idolatrados, mas o nome de Jesus apenas entra na “onda”. E sabemos que o povo segue sempre “a moda”. O nome “Jesus” está entrando na moda, mas Jesus não está entrando na vida das pessoas.
     
Um exame superficial do evento em questão, talvez leve muitos a achar que, à semelhança da igreja dos primeiros tempos, estamos “contando com a simpatia do povo”. Mas uma análise mais aprofundada nos alertará que estamos vivendo época semelhante àquela, quando “o cristianismo” tornou-se a “religião oficial do Império Romano”.
     
Leio em Isaías 42.8 “Eu sou o Senhor, este é o meu nome. A minha glória a outrem não darei”. Infelizmente os cantores “gospel” continuam, à semelhança do papai Noel da época do natal, roubando a glória para si. Eles adoram ser idolatrados, ovacionados, endeusados, e, claro, têm que fingir que a glória é para Jesus.
      
O Festival Promessas promete! Promete o quê? Eu não sei. Poderia ser bom, mas infelizmente está promovendo gente que nem de Bíblia entende. Está transformando em ídolos homens e mulheres com “pés de barro”. Está enriquecendo a Rede Globo e calando a boca de “crentes” que antes acusava a Emissora de ser “diabólica”.
     
Meu Festival é ouvir a Palavra de Deus através de homens que se escondem por trás dela, de homens que não buscam glória para si, de servos de Deus que ainda defendem o “Sola Scriptura” e que não buscam ser idolatrados,  mas defendem “Soli Deo Gloria!”.

7 de dezembro de 2012

Versículos Apócrifos


VERSÍCULOS APÓCRIFOS

Pr. Gilson  Soares dos Santos

Desde criança, sempre tive o precioso hábito de conferir os versículos que ouvia nas pregações ou nas citações de muitos pastores, evangelistas, obreiros e outros irmãos. Ouvia o versículo em seguida ia procurar na Bíblia se aquele versículo estava mesmo no Livro Sagrado. Notava que alguns versículos estavam no texto, mas não da maneira como eram citados. Para ser sincero, existem “versículos” que até hoje procuro e não encontro. Costumo chamá-los de versículos apócrifos.

O post a seguir foi adaptado de  muitas outras observações de irmãos e irmãs nossos que postaram na internet.

1 - “Da semente da mulher levantarei um que esmagará a cabeça da serpente”

É comum ouvir pregadores citando essa frase como sendo a primeira promessa com relação à obra redentora de Jesus. Mas essa promessa não aparece nas Escrituras. Em Gênesis 3:15, Deus disse para Satanás, personificado em uma serpente: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”.

É importante observar que o texto bíblico não usa o verbo “esmagar” e sim “ferir”. De acordo com a Palavra de Deus, o inimigo ainda não foi esmagado, isto é, derrotado por completo. Ele já está julgado (Jo 16:11), e, na cruz, Jesus o feriu (Cl 2:14,15). Entretanto, “... o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo de vossos pés” (Rm 16:20).

2 - “Deus cegou os entendimentos dos incrédulos”

Não foi Deus quem cegou o entendimento dos incrédulos! A Bíblia diz: “... o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (II Co 4:4). Esse “deus” é o diabo, e não o Deus verdadeiro que ilumina os que estão em trevas (Jo 8:12; I Jo 1:7).

3 - “Esforça-te e eu te ajudarei”

A expressão “Esforça-te” aparece 12 vezes na Bíblia, mas nunca acompanhada da frase “Eu te ajudarei”. Observe: “Esforça-te, e tem bom ânimo” (Js 1:6,7,9,18; I Cr 22:13; 28:20); “Esforça-te, e esforcemo-nos” (I Cr 19:13); “Esforça-te, e faze a obra” (I Cr 28:10); “Esforça-te, e clama” (Gl 4:27). No plural, ela aparece oito vezes, sem o complemento citado (Nm 13:20; Js 10:25; 23:6; I Sm 4:9; 13:28; II Cr 15:7; Sl 31:24; Ag 2:4). Apesar disso, não há dúvida de que o Senhor ajuda os que se esforçam. Porém não devemos citar como sendo um versículo bíblico.

4 - “Fazei o bem sem olhar a quem”

Essa frase é uma distorção de Gálatas 6.10: “Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé”. O cristão deve fazer o bem, pois ele tem a bondade, um dos elementos do fruto do Espírito (Gl 5:22). Mas fazer o bem “de olhos fechados” pode ser perigoso.

Existem muitos vigaristas dizendo-se missionários ou pastores. Eles sempre contam casos tristes para aplicar os seus golpes, e os irmãos bondosos, por não olharem a quem estão ajudando, acabam sendo lesados. Cabe-nos ajudar as pessoas comprovadamente necessitadas: “Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra” (Dt 15:11).

5 - “O cair é do homem, mas o levantar é de Deus”

É comum o uso dessa frase para animar irmãos que fracassam na fé. Quem a usa, tenta demonstrar que a pessoa caída não precisa se preocupar. Deus a levantará em tempo oportuno. Entretanto, se o homem não tomar uma posição, levantando-se, tal como o filho pródigo, Deus não o socorrerá (Lc 15:17-24).  
    
6 – “Na presença de Deus até a tristeza salta de alegria”

Eu sei que Deus transforma nossa tristeza em alegria. Encontramos em Et 9.22 afirma que “se lhes mudou a tristeza em alegria”, porém nunca li esse versículo afirmando que na presença de Deus até a tristeza salta de alegria. Encontrei também que o Senhor afirma em Jr 31.13 “transformarei a sua tristeza em regozijo”. Ainda leio em Jo 16.20 que “a vossa tristeza se converterá em alegria”. É possível que alguém tente usar Jó 41.22 para justificar esse versículo, mas o texto não se refere a saltar de alegria diante de Deus.

7 – “Os anjos desejaram pregar o evangelho”

Não há nenhum versículo bíblico que afirme que os anjos desejaram pregar o Evangelho. O único texto de onde as pessoas tiram essa ideia está em I Pe 1.12 “A eles foi revelado que, não para si mesmos, mas para vós outros, ministravam as coisas que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho, coisas essas que anjos anelam perscrutar”. É claro que esse texto não está dizendo que os anjos desejaram pregar o Evangelho. Mas afirma que os anjos anelam perscrutar, o quê? As coisas que nos foram pregadas.

8 – “Eu venci e vós vencereis”

Sabemos que Cristo venceu e, nele, somos mais que vencedores. Porém muita gente completa uma frase dita por Jesus com algo que ele não disse. Em João 16.33 o Senhor diz: “No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. O versículo vai até aí. Muitos o completam dizendo “eu venci e vós vencereis”.

9 – “Os viciados não herdarão o reino de Deus”

A Bíblia condena, é claro, a concupiscência da carne, que é o mesmo que vício da carne. Mas não existe esse versículo na Bíblia. Sabemos que todo aquele que se deixa dominar pela concupiscência da carne não herdará o reino de Deus, diz o apóstolo Paulo, mas não há um versículo dizendo que “os viciados não herdarão o reino de Deus”.

10 – “Quem não vem pelo amor, vem pela dor”.

Embora seja verdade que os eleitos virão de uma maneira ou de outra, esse versículo não está na Bíblia.

11 – “Deus habita no meio dos louvores”

Muita gente quando cita este versículo esquece de completá-lo. O texto bíblico diz que “Contudo, tu és santo, entronizado entre os louvores de Israel” (Sl 22.3). Deus está entronizado entre os louvores do seu povo, Israel. Muita gente usa esse versículo de maneira errada e deturpada.

12 – “Jesus é o médico dos médicos”

Nós sabemos que o Senhor é o Deus que cura, sabemos que ele é superior a todos os médicos, mas não existe um versículo que diga dessa forma.

A lista é grande, mas fiquemos com esses versículos apócrifos que são mais comuns e usuais. É bom sempre dá uma conferida se realmente existem tais versículos.